Esta postagem faz parte da sugestão de blogagem coletiva de Dezembro (O que não pode faltar na sua ceia?) do Rotaroots, uma iniciativa criada para resgatar a essência dos blogs, quando estes eram meros diários. Para fazer parte deste grupo, você pode se cadastrar no Rotation, ou participar do grupo no Facebook.

Ceia de Natal é sem dúvida um dos melhores momentos do ano. É a única época em que as pessoas entram sem culpa na orgia gastronômica (ou pelo menos as pessoas normais), e todos os acontecimentos giram em torno da mesa posta. Lógico que tem todas as coisas legais do Natal, mas sem sombra de dúvidas, comida é o mais memorável.

Todos os anos em que mamãe está com a gente nessa época, rola um bolo de nozes com creme inglês que eu como praticamente sozinha. Pode mudar tudo no cardápio, mas tem que ter o bolo. A receita veio de um livro de estimação que ela ganhou uma vez numa promoção da Leite Moça: a pessoa comprava 9 ou 10 latas de uma vez, sei lá, e vinha um livro enorme, só com receitas à base de leite condensado. Até hoje preservamos esse livro com muito carinho.

creme_ingles

Foto: Sudelícia

O creme inglês é o toque especial da receita: à base de leite condensado, é uma calda não muito rala, e que tem um gosto indescritível. Existem variações: zabaione (com vinho), com suco de laranja e outras. Esse ano, mamãe e eu não estaremos na mesma cidade, então vou pedir que ela faça o bolo no ano-novo. O importante é comer.

E pra quem ficou curioso com a receita, infelizmente o livro está em Goiânia, então não posso escanear a página para publicar. Mas encontrei uma receita muito semelhante, senão igual, neste blog aqui (clique para ver a receita). Que o Natal de vocês tenha todo o amor, alegria e comida possível! O que não pode faltar na sua ceia de Natal?