Sempre que eu falo do Passion Planner, alguém me pede pra falar mais. Então resolvi fazer um post pra explicar porque acho a ferramenta tão legal. Planners estão na moda, e são mais do que uma agenda. Não conheço muitos modelos, mas no geral, entendo que são ferramentas customizáveis de… bem, planejamento.

Aparentemente, tem planner pra tudo: finanças, projetos, vida e por aí vai. Tem de várias marcas também. Ouço muito falar do da A. Craft, mas não o conheço. Eu soube do Passion Planner num blog aleatório, que não me lembro qual foi, e confesso, só testei porque podia baixar de graça. Eu comecei 2016 tentando usar menos papel e colocar todo meu sistema online, mas não dei conta (PRA QUE IAM SERVIR AS MINHAS CANETAS, MELDELS?), então baixei o planner pra não precisar gastar com agenda. Imprimi em casa e mandei encadernar.

E o resto, eu já repeti exaustivamente em posts anteriores: me apaixonei. Vou colocar as fotos abaixo pra mostrar detalhes dele, mas em resumo, eu gosto por conta dessa visão global de projetos pro ano que ele dá, e da possibilidade de realmente ir acompanhando isso.

As metodologias e agendas podem fazer isso, mas o Passion Planner tem a vantagem de começar e terminar o ano de uma forma guiada, bem pegando na nossa mão mesmo. Fica muito mais difícil esquecer do que nos propomos a fazer no ano quando toda hora tem um lembrete ali pra gente não sair do rumo. Nas fotos dá pra ver isso melhor.

Outra coisa do Passion Planner é que ele é bem minimalista, então se você não gosta de frufru, não vai ter do que reclamar. Mas se gosta, dá pra ficar à vontade pra enfeitar. Em 2016 eu usei só escrevendo a lápis, mas esse ano quero aproveitar das possibilidades do frufru, até como forma de tornar o acompanhamento das metas e projetos mais leve e visual. As desvantagens: é um produto gringo, então precisa entender inglês. E custa em dólar. :(

Enfim as fotos (depois delas vou falar um pouco dos meus planos para Janeiro, não sai daí):

Capa
Capa
Na parte inicial do planner tem instruções gerais para setup
Na parte inicial do planner tem instruções gerais para setup
Mais da parte inicial, que explica todo o propósito de uso do planner
Mais da parte inicial, que explica todo o propósito de uso do planner

 

Visão mensal
Visão mensal
Exemplo de uma semana
Exemplo de uma semana

 

Antes de passar pro próximo mês, uma pequena revisão.
Antes de passar pro próximo mês, uma pequena revisão.

Foco para Janeiro

2017 tem tudo pra ser um ano intenso na minha vida. Daqui a pouco Luiza nasce, e eu tô numa vibe mais acelerada de realizar coisas, e trabalhar. Não sei como vai ser, porque sei que puerpério combina com ritmo mais lento, mas estou otimista e confiante de que vai dar certo. Eu tentei ao máximo excluir os projetos menos importantes este ano, e deixar apenas o que está de acordo com meus propósitos de vida.

Considero que o ano será decisivo pra eu aprender a lidar melhor com meu dinheiro. Apesar de me considerar organizada, sempre administrei muito mal a minha vida financeira. Sinto um pouco de pesar pelo quanto de dinheiro já ganhei na vida, e não soube aproveitar.

Graças aos deuses, fui abençoada com competência e gosto pelo trabalho, então remuneração por enquanto não tem faltado. Mas eu preciso começar a parar de apenas gastar e pensar um pouco mais no futuro, ainda mais que tem 6 anos que não trabalho de carteira assinada, e se depender da reforma da previdência, eu passo fome quando ficar velha.

Começo então Janeiro com foco total em finanças, com algumas metas a cumprir. Quero estudar alguns tópicos, e diminuir substancialmente meus gastos. Assinei uns canais no YouTube, e de imediato, quero mudar a forma como compro uso cartão de crédito.

Sei que meu trabalho com a grana vai ser algo pra ser feito ao longo do ano, mas tirei Janeiro pra fazer o setup da coisa toda, e já criar bons hábitos desde já. Tenho algumas ideias e metas pra cumprir nesse mês, que vou compartilhando, por aqui ou por Instagram (segue @renatachecha!).

Paralelamente, estou arranjando maneiras de aumentar um pouco a minha renda, dentro do tempo que eu consigo me dedicar ao trabalho. Pra isso, estou andando com uns projetos bem legais, mas esses eu conto na hora certa.

Pra quem quiser acompanhar minhas conquistas, inspirações e todo o resto relacionado ao meu foco do mês, não deixa de ir no insta. Vou compartilhar algumas coisas por lá, e espero que o balanço de fim do mês seja positivo. Oremos!

E você, qual seu foco em Janeiro?